Blog

006 – Como manter a motivação?

No vídeo entitulado “How to Avoid Becoming Jadded” no canal do grande compositor Junkie XL (apenas procure Junkie XL no YouTube – canal aliás que recomendo muito para todos que tem interesse em composição de trilha sonora), há uma primeira resposta para isso (tradução livre):

“… vou citar um recente amigo meu, Conrad Pope, que disse: se a música não consegue deixar você mais humilde, há alguma coisa completamente errada aqui.”

Essa também é uma das minhas primeiras respostas quando me perguntam sobre as maneiras para se manter motivado. Em nosso caso, das aulas de canto, uma boa performance de um cantor famoso ou não, pode nos motivar profundamente. Então quando você se pegar nesses momentos, abra um vídeo no youtube, vá a um show de um grande cantor, vá a um teatro, encontre um amigo que canta bem etc e assista com o máximo de atenção a esse espetáculo.

Outra forma bastante interessante é colocar-se pequenos objetivos com prazos definidos. Por exemplo: tenho que deixar essa música pronta em 2 meses. O resultado dessa preparação pode ser uma apresentação para família ou amigos; ou nossos pocket shows de fins de semestre; ou ainda, nossas gravações. Dessa maneira evitamos aquela sensação de não estarmos evoluindo, até porque se fizermos isso com certa frequência, teremos registros anteriores (gravações antigas) para monitoramento.

Nossa motivação pode ser bastante afetada também pelo ambiente em que estudamos. Uma casa muito cheia de colegas, familiares, pets etc pode ser um pouco intimidador para algumas pessoas ou, no mínimo, pode causar muitas distrações. Vizinhos podem reclamar também do excesso de barulho dependendo do tipo de casa ou prédio em que você mora.

Um dos melhores lugares para você estudar, sem dúvida, é um estúdio, como dito aqui nesse outro post. Mas se por algum motivo você não pode ir a um estúdio, tente pelo menos estar num local que não seja intimidador e também que não tenha muitas distrações. Se você dirige há algum tempo, tente estudar no carro. Muitos alunos aqui do estúdio têm relatado que essa experiência é super positiva. Apenas tome muito cuidado com o trânsito, vá devagar e pela pista da direta se estiver cantando no carro, hein? Muita responsabilidade… não queremos causar acidentes! J

Uma dica bastante boa também é que se você gosta de equipamentos e/ou tecnologia, tente comprar hardware e software que motivem você a estudar. Hoje, acho que NO MÍNIMO todo estudante de canto deveria ter um microfone USB, um computador e um bom fone de ouvido. Há softwares gratuitos que gravam – no mac temos o GarageBand (que já vem instalado) e no Windows você pode baixar o Cakewalk da BandLab. Mas se você gosta desses assuntos, pode pesquisar algumas outras coisas que podem deixar você ainda mais motivado. E não estou falando aqui de gastar rios de dinheiro, compre apenas aquilo que você pode, acha necessário e TERÁ TEMPO DE APRENDER A MEXER. Não adianta nada ter o melhor equipamento ou software do mundo se você não souber operá-lo.

Por fim, se você é uma pessoa que não gosta de rotina, tente evitá-la. É instrínseco da atividade de aprender um instrumento ou de cantar, a repetição. Não tem muito como fugir disso. Sem várias repetições, você não fixa, não ganha fluência e a musculatura não se fortalece. Mas você pode, por exemplo, mudar de local de estudo; ou mudar a ordem dos exercícios ou até o enfoque dos exercícios (mesmo que seja necessário voltar naquele treino que você estava fazendo e que você cansou); ou mudar de música (de novo, mesmo que você precise voltar na música música que ainda não estava resolvida); ou se você toca mais de um instrumento, troque de instrumente que você está usando para se acompanhar naquele estudo; ou troque de vídeo do YouTube que você está usando como referência, procure por uma outra versão ou cover por exemplo; se você estava estudando com uma partitura, decore, se não (e sabe ler), procure a partirtura. Enfim, use a usa imaginação para evitar a rotina!

Esse post tem apenas alguns exemplos do que a maioria das pessoas que já passou aqui pelo nosso estúdio tinham como problema para manterem-se motivadas, mas você pode ser diferente! Teste essas dicas, mas não pare por aí! Procure se conhecer e evitar as coisas que não motivam você e acentuar as coisas que motivam. A chave para o sucesso está aí!

0

About the Author:

Raphael Begosso - Vocal Coach, Compositor e Produtor. Formado em Música com habilitação em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Raphael estuda canto há 12 anos e trabalha como professor desde 2002. Estudou também piano, guitarra, violão erudito e canto coral na Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM). Já trabalhou como cantor, maestro, diretor musical de grupos vocais/corais, arranjador e compositor. Atual aluno da Berklee College of Music na área de canto. Depois de passar por uma série de professores do Brasil e internacionais, hoje estuda e se especializa com o professor americano Brett Manning no método Singing Success – de eficiência comprovada e usado por vários cantores famosos e ganhadores de prêmios Grammy, MCA Awards e Dove como Hayley Williams (Paramore), Taylor Swift, Keith Urban, Mark Kibble e Claude Mcknight (Take 6), Michael Barnes, Luke Bryan entre outros. Trabalhou como cantor, arranjador e produtor do grupo vocal CantaMais.
  Mais Posts

Add a Comment