Aulas de Canto Sao Paulo –  Estudio Vocal Raphael Begosso

005 – 3 passos para cantar bem QUALQUER música

Com os passos descritos nesse post, você pode cantar bem QUALQUER música que você quiser! Rock, Pop, MPB, Sertanejo, Teatro Músical, Lírica etc

 

Às vezes recebemos contatos de noivos ou noivas que querem fazer uma surpresa para o seu parceiro e cantar em seu casamento. Aí nos perguntam: vou cantar (1) uma música só em meu casamento, em quanto tempo aprendo a cantar uma única música?

 

E a nossa resposta é sempre: depende! Depende das facilidades e dificuldades que a pessoa já tem e também da dificuldade da música. Mas ressaltamos que nosso objetivo aqui é resolver as dificuldades vocais da pessoa como um todo para que ela possa cantar QUALQUER música e não apenas aquelas que ela está treinando na aula.

 

Costumamos trabalhar repertório a partir da segunda aula já. Para isso, fazemos um teste com a sua voz na primeira aula, além de perguntar sobre seus objetivos, referências, estilo de preferência e disponibilidade para estudo fora do horário da aula. Também pedimos uma lista inicial com umas 5 músicas. Pegamos todas essas informações e esolhemos (juntos – vocal coach e aluno) a primeira música.

 

Bom, chegou finalmente a aula que você trabalhará a música? Que bom! Vamos aos passos:

 

  • Aspectos Musicais
  • Aspectos Técnicos
  • Aspectos de Estilo e Interpretação

 

O que queremos dizer com aspectos musicais? Simplesmente altura (notas) e ritmos. A pergunta que você deve se fazer aqui é: estou cantando todas as notas e ritmos da música de maneira coerente? A música original deve ser sempre um guia aqui. Nada de: “Ah, mas eu canto assim!” Ou então: “Essa é a minha versao”. Escolhas desse tipo serao feitas no item 3 e se me permitem, deveriam ser reservadas a cantores mais experientes.

 

Aí vem a pergunta: mas como vou saber se estou cantando as notas e os ritmos certos? Bom, aqui vou deixar outro post que fala sobre a importância do treino de ouvido. Acesse aqui.

 

Tem até uma piada de músicos sobre isso! Há a lenda que um dos assistentes do Bach depois de muito ter ouvido seu professor (o próprio Johann Sebastian) tocar bem uma música e por repetidas vezes não conseguir, perguntou: “Como o senhor consegue tocar tão bem?” e ele respondeu: “Toque as notas certas no tempo certo!”

 

Parece besteira, mas fazendo isso, você está bem perto de cantar a música bem. Precisamos deixar um pouco de lado nos dois primeiros itens aquela frase que todo mundo disse um dia, mas poucos sabem o significado: “Música é emoção!”. Digo que para acertar as notas, os ritmos e os aspectos técnicos não tem nada disso!

 

Bom então quais são os aspectos técnicos?

 

Basicamente (principalmente para música popular): se você está alcançando os graves e os agudos da música com certo conforto. Para isso os exercícios de técnica vocal cumprem um papel fundamental de ir tanto aumentando sua extensão, quanto sua zona de conforto no canto. Note que um ajuste aqui pode ajudar na afinação (notas muito agudas ou muitos graves). Então não necessariamente esses dois primeiros itens são lineares.

 

Para sua saúde e longevidade vocal, ainda não é hora de pensar: o cantor original está fazendo com distorção (rasgado/drive). Ou qualquer coisa desse tipo. Preocupe-se em ter conforto ao realizar aquela ou aquelas músicas de seu repertório.

 

Por fim, vem o que todo mundo gosta: interpertação e estilo. Resolvidas as notas, os ritmos e os aspectos técnicos, procure se relacionar com a letra da música e também incorporar alguns traços específicos do estilo ao qual pertence a canção.

 

“Style is more caught than thaught”, como diz meu mestre Brett Manning, o “estilo é mais “pego” (absorvido) do que ensinado. Aqui então a recomendação principal é ouvir muito e tentar “tirar” (sim, isso não serve apenas para instrumentistas, principalmente em estilos que tem grande complexidade de frases e melismas) muitas músicas do(s) estilo(s) que mais interessa(m) você.

 

Depois de seguir esses 3 passos, garanto que você impressionará muita gente com as músicas que vier a cantar!

3 Comments

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *