Blog

003 – Como e quanto devo estudar?

Um dos maiores enganos que uma pessoa pode cometer em música é achar que SOMENTE aulas levarão a pessoa a se tornar um bom músico. Falo isso em relação a qualquer instrumento, canto ou teoria. Isso vale para as aulas conosco ou com qualquer professor (ou coach) do mundo.

 

Vamos nos restringir a aula de canto nesse post para exemplificar bem e também porque é nossa especialidade.

 

Depois de passar por muitos professores de canto de diferentes estilos e “técnicas”(sim entre aspas, em outro post explico), cheguei a conclusão que o melhor que um professor de canto (vocal coach) pode oferecer é organizar seu estudo e a sua prática. Em síntese, como e quanto você deve estudar/praticar.

 

Dessa forma as aulas deveriam checar o que foi estudado e passar mais conteúdo até o próximo encontro. O intervalo entre as aulas, dependerá às vezes mais do aluno e de questões pragmáticas (agenda, valor da aula etc) do que de indicação do professor, mas EM GERAL nesse sistema explanado anteriormente, uma aula semanal é suficiente.

 

Uma aula semanal é suficiente porque considera-se que o aluno estudará algo entre 3 e 5 vezes aquela mesma sequência de exercícios e atividades em cima do repertório entre uma aula e outra. É claro que o professor deve estar atendo aos objetivos do aluno e também ser compreensivo quando o aluno comunica de saída que sua agenda não permite toda essa dedicação.

 

É possível sim ter resultados sem essa dedicação mencionada acima, basta o vocal coach bolar um plano com o aluno e também o aluno se conscientizar que seu desenvolvimento sera mais lento.

 

De qualquer forma, é essencial que o aluno tire um dia de descanso (que não cante nesse dia). Supondo uma dedicação máxima semanal então seria 1 dia de aula + 5 dias de estudo + 1 dia de descanso. Em caso de alunos que já fazem shows e gravações não se recomenda estudar no dia do show ou da gravação (apenas aquecer) e deve-se considerar a necessidade de 2 dias de descanso semanal.

 

Quanto tempo em cada dia de estudo? Algo entre 45 minutos (no mínimo) e 2 horas (no máximo). Se o aluno for iniciante, deve ficar bem próximo do número mínimo por algumas semanas (ou até meses) e devemos deixar o número máximo apenas para aqueles que já têm a resistência necessária para cantar por todo esse tempo. De toda a forma, peça essa orientação para seu professor de canto.

 

Organizado o tempo de estudo, resta-nos responder a questão de como estudar. A resposta aqui parece um pouco óbvia: exatamente como seu professor indicou durante a aula. Ou seja, você deve reproduzir exatamente os sons e as sensações que seu vocal coach indicou.

 

Para isso acho IMPRESCINDÍVEL gravar os exercícios e as músicas trabalhadas em aula. Quanto melhor a qualidade de gravação, melhor você poderá estudar em casa depois.

 

 

As condições ideais seriam estudar num estúdio, com tranquilidade, isolamento acústico e equipamentos de retorno. Podemos adaptar isso e estudar num quarto, com portas e janelas fechadas e um cellular de qualidade razoável. Hoje em dia é possível investir em equipamento básico (microfone e fone de ouvido) gastando muito pouco.

 

Se conseguir essa condição ideal ao menos 1 ou 2 vezes por semana, você pode ficar tranquilo já que a vantagem do canto é que você pode estudar em qualquer lugar ou fazendo quase qualquer outra coisa simultaneamente.

 

Uma dica preciosa que sempre passo é que se você tiver os exercícios e o repertório no celular ou num pendrive pode estudar no carro, no banho, enquanto cozinha, fazendo faxina, lavando louça, lavando e secando a roupa etc.

 

Para encerrar, a mensagem principal desse post é que com um plano e uma orientação adequada do seu professor de canto, todo o resto depende de você! Está nas suas mãos tornar-se o cantor que sempre quis ser!

2

About the Author:

Raphael Begosso - Vocal Coach, Compositor e Produtor. Formado em Música com habilitação em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Raphael estuda canto há 12 anos e trabalha como professor desde 2002. Estudou também piano, guitarra, violão erudito e canto coral na Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM). Já trabalhou como cantor, maestro, diretor musical de grupos vocais/corais, arranjador e compositor. Atual aluno da Berklee College of Music na área de canto. Depois de passar por uma série de professores do Brasil e internacionais, hoje estuda e se especializa com o professor americano Brett Manning no método Singing Success – de eficiência comprovada e usado por vários cantores famosos e ganhadores de prêmios Grammy, MCA Awards e Dove como Hayley Williams (Paramore), Taylor Swift, Keith Urban, Mark Kibble e Claude Mcknight (Take 6), Michael Barnes, Luke Bryan entre outros. Trabalhou como cantor, arranjador e produtor do grupo vocal CantaMais.
  Mais Posts

Comments

  1. Juraci  August 23, 2018

    Gostaria de saber o custo para treino canto

    reply

Add a Comment